I Domingo do Advento

I Domingo do Advento

Escuta

«Oh se rasgásseis os céus e descêsseis!» é um profundo suspiro de fé e de esperança, dirigido ao Senhor, “nosso Pai e nosso Redentor”, pelo profeta Isaías. Contemplando as maravilhas de Deus, deparamo-nos com a nossa rebeldia e fugacidade, pois somos como folhas secas e as nossas faltas levam-nos como o vento para longe do Senhor que vem. Por isso, a advertência de Jesus: acautelai-vos e vigiai. Para quê? Para que o Senhor, que nos enriqueceu em tudo, não nos encontre numa vida adormecida.

Vive

Olha para a tua vida e toma consciência da tua rebeldia com Deus. O que te leva a isso? Chama as coisas pelos nomes. Depois pensa na fugacidade da vida: “Tudo passa, só Deus é que não passa”. Preferes ficar preso na rebeldia ou fazer caminho com o Senhor que vem ao teu encontro? Deixa o senhor rasgar os teus limites e descer à tua vida.

Faz

Durante esta semana invoca o amor paternal, criador e redentor de Deus, Pastor de Israel e nosso. Dá graças reconhecendo as inúmeras bênçãos com que Deus te tem enriquecido. Vigia para que a tua rebeldia não te leve para longe de Deus e daqueles que amas, e assim a tua vida se torne dormente. Toma uma atitude concreta nesse sentido para fazer ao longo desta semana.

domingo 1 advento