A Sky Full Of Stars - Coldplay

A Sky Full Of Stars – Coldplay

Pertencer a um céu cheio de estrelas que é em si mesmo uma pessoa é a historia deste single do álbum “Ghost Stories” que, com um olhar mais cuidadoso, nos remete para uma passagem bíblica em particular, e para um conceito fundamental da nossa fé. Pertencemos à descendência de Abraão, dos que acreditam em Deus e que, mais tarde, pelo batismo, passaram a afirmar-se filhos de Deus. Esta descendência (Gn 15, 1-6) foi a grande recompensa eterna (Gn 17, 2-7) que Deus prometeu a Abraão ao fazer a Sua Aliança com ele e que os cristãos hoje louvam e dão graças a Deus pela sua plenitude em Cristo.
A confiança que Abraão depositou em Deus para cumprir a Sua vontade (Gn 12, 1-2) é a mesma que hoje os cristãos devem depositar para fazer um caminho com uma meta muito mais clara, definitiva e plena: a salvação em Jesus Cristo.

Esta música lembra ainda a importância de não fazer este caminho sozinho mas em comunhão com os outros e com Deus e a necessidade da entrega sincera do nosso coração a Deus (Ez 36, 26-29) que ilumina o nosso caminho em Jesus (Jo 8, 12), independentemente das dificuldades.

Letra traduzida:

Porque és um céu, porque és um céu cheio de estrelas
Vou dar-Te o meu coração
Porque és um céu, porque és um céu cheio de estrelas
Porque iluminas o caminho

Eu não me importo, vai em frente e deixa-me em pedaços
Não me importo se o fizeres (ooh, ooh)
Porque num céu, num céu cheio de estrelas
Eu acho que Te vi

Porque és um céu, porque és um céu cheio de estrelas
Quero morrer nos Teus braços (oh, oh)
Porque Tu iluminas quanto mais ficar escuro
Eu vou dar-Te o meu coração

Eu não me importo, vai em frente e deixa-me em pedaços
Não me importo se o fizeres (ooh, ooh)
Porque num céu, num céu cheio de estrelas
Eu acho que Te vejo, eu acho que te vejo

Porque és um céu, és um céu cheio de estrelas
Que visão celestial (Ooh, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh)
És uma visão celestial (Ooh, ooh, ooh, ooh, ooh, ooh)

Sim, sim, sim, ooh”