Oceans - Hillsong United

Oceans – Hillsong United

“Oceans”, do álbum “Zion”, é uma das muitas músicas deste grupo Cristão muito conhecido mundialmente. As suas letras e musicalidade combinadas são autênticos momentos de oração com referência explicita aos textos bíblicos, como é percetível nesta música que reflete sobre a passagem bíblica em que Jesus anda sobre as águas e Pedro vai ter com Ele…

Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão. Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho, mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque o vento soprava contra ele. Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar. Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram: “É um fantasma!” E gritaram de medo. Mas Jesus imediatamente lhes disse: “Coragem! Sou eu. Não tenham medo!” “Senhor”, disse Pedro, “se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas”. “Venha”, respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre as águas e foi na direção de Jesus. Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé, por que você duvidou?” Quando entraram no barco, o vento cessou. Então os que estavam no barco o adoraram, dizendo: “Verdadeiramente tu és o Filho de Deus”. Depois de atravessarem o mar, chegaram a Genesaré. Quando os homens daquele lugar reconheceram Jesus, espalharam a notícia em toda aquela região e lhe trouxeram os seus doentes. Suplicavam-lhe que apenas pudessem tocar na borda do seu manto; e todos os que nele tocaram foram curados.

(Mt 14, 22-36)

“Hillsong United é conhecido como um grupo musical gospel formado por jovens da Hillsong Church, na Austrália. Sua música é de louvor e adoração a Deus, com um estilo pop-rock contemporâneo e algumas influências de rock.”

Referência Original