"Fátima- O dia em que o Sol bailou"

“Fátima- O dia em que o Sol bailou”

As celebrações do centenário das aparições de Fátima deram lugar a um espetáculo multidisciplinar que teve hoje, dia 11 de maio, antestreia no Centro Pastoral Paulo VI. Abaixo poderás encontrar a notícia publicada no site do Santuário, bem como um vídeo do agência noticiosa Ecclesia.

“O Centro Pastoral de Paulo VI tornou-se pequeno para acolher esta tarde os alunos das escolas convidadas para assistirem à antestreia do espetáculo multidisciplinar “Fátima – O dia em que o Sol bailou”.

Marcaram presença ainda o reitor do Santuário de Fátima, Pe. Carlos Cabecinhas e o bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto.

“Fátima – O dia em que o Sol bailou” é um espetáculo multidisciplinar promovido pelo Santuário de Fátima no âmbito da programação do Centenário das Aparições, e desenvolvido pela Vortice Dance Company.

A estreia está marcada para o dia 13 de maio, pelas 21h00, com repetição no dia 15, pelas 16h00, no grande auditório do Centro Pastoral de Paulo VI, em Fátima.

Trata-se de um projeto que, focando as aparições de Fátima e o seu reflexo na história contemporânea, procura esboçar um retrato do acontecimento que marcou o século XX.

Com a assinatura dos coreógrafos e diretores artísticos Cláudia Martins e Rafael Carriço, o espetáculo evoca a presença de Nossa Senhora «vestida toda de branco, mais brilhante que o sol» diante de três crianças de Aljustrel, Lúcia, Jacinta e Francisco, procurando estabelecer um paralelismo entre esse encontro e o tempo presente.

O luminoso quadro da Senhora a apontar o terço como instrumento para a paz no mundo, o dramático quadro do inferno como horizonte da autorreferência humana, o quadro belo e desafiante do Coração sem mancha, que se oferece por amor, ou o apoteótico quadro do sol a bailar ao ritmo da bênção de Deus encontram paralelo em situações presentes em que a fé, a esperança e a caridade inspiram uma atitude de coragem, de entrega generosa e perseverança, de oração como encontro com Deus e com os irmãos.

O espetáculo, com uma linguagem contemporânea, cruza várias disciplinas artísticas como a dança, o vídeo, o vídeo mapping, a figuração em holograma, a cenografia 3D, figurinos recicláveis e junta artistas de diferentes nacionalidades que, interpretando o sentido e o alcance da mensagem de Fátima, a procuram projetar à luz dos nossos dias.

Este trabalho foi encomendado pelo Santuário à Vortice Dance Company, residente em Fátima, que este ano completa 15 anos de existência, numa estratégia permanente de valorização da produção cultural desenvolvida por agentes inseridos num contexto de proximidade geográfica e afetiva.

Durante estes anos, o trabalho da Vortice Dance Company tem sido marcado por uma intensa atividade no estrangeiro, com apresentações em vinte e cinco países, e tem sido reconhecido e premiado internacionalmente pela UNESCO, com o Helsinky Grand Prix of Choreography; pelo Príncipe Takamado, no Japão; por Maya Plisetskaya; pela presidente da República Finlandesa Tarja Halonen; com o Prémio de Reconhecimento Artístico IBBF, na Ópera de Riga; por Madame Chirac, no Teatre Champs Elysèes, entre outros.

Das suas colaborações internacionais destacam-se a Inauguração da Gare do TGV de Liége, obra do arquiteto Santiago Calatrava, com o espetáculo “Guillemins, Une Gare a Vous” de Franco Dragone, o espetáculo televisivo “Star of Ciences”, para a Qatar Foundation, e recentemente a direção artística do projeto “Beatles na Favela”, uma colaboração com a ONG brasileira Afroreggae e com a Branco Produções.

Após as apresentações em Fátima – a 11, 13 e 15 de maio o espetáculo estará em cena em Portugal, no Teatro Municipal de Bragança, e no Brasil, passando por cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Natal, entre outras.

A entrada nos espetáculos dos dias 13 e 15 de maio, no Centro Pastoral de Paulo VI, é livre e gratuita.

SD”