VOLUNTARIADO?  É p'ra já!

VOLUNTARIADO? É p’ra já!

Voluntariado, como? Onde? Com quem? Vou fazer o quê?
Deixamos-te aqui um vídeo que mostra um pouco como é uma semana de férias para pais de pessoa com deficiência.

O Centro “Francisco e Jacinta Marto” em Fátima acolhe e promove este ano mais uma semana de férias, mais uma oportunidade para as crianças e jovens portadoras de alguma deficiência e para os seus pais relaxarem um pouco, de descansarem e fazerem novas amizades. Para que tudo isto aconteça, precisamos de TI!
A preparação de atividades desta dimensão dá muito trabalho para organizar e cuidar e por isso estas semanas funcionam graças aos voluntários que se disponibilizam a estar mais atentos ao outro, a estar de uma outra maneira.

Este ano como noutros anteriores, o Santuário de Fátima volta a oferecer a oportunidade única a deficientes e a seus pais para uns dias de descanso. São quatro turnos de seis dias, durante o mês de Agosto, em que deficientes, acompanhados ou não pelos seus pais, podem usufruir de um tempo diferente, acompanhados por voluntários e alguns membros da Comunidade dos Silenciosos Operários da Cruz, que recebem, em sua casa, a atividade.

O Post-it sabe, no entanto, que este ano, de forma mais acentuada, há ainda falta de voluntários para os três últimos turnos. Sem a ajuda dos voluntários, corre-se o risco de que boa parte destes jovens e de seus pais não poderem usufruir destes dias, uma vez que é necessário que haja um enquadramento de proximidade com cada um dos doentes.

Mas então, o que faz o voluntário? Acima de tudo, vai de férias com os pequeninos de Jesus que lhe são confiados. Fica ao seu cuidado a higiene, a ajuda na alimentação e a medicação de cada um destes jovens. Acompanha-o em momentos de uma beleza extraordinária que aqui não podem ser descritos e diverte-se com eles. No fundo, é isso, vai de férias com novos amigos que o vão marcar de uma vez para sempre.

TURNOS 2015:
» 30 de julho a 05 de agosto
» 08 a 14 de agosto
» 19 a 25 de agosto
» 28 de agosto a 03 de Setembro

Se estás disponível nestas datas e tens mais de 18 anos arrisca nesta aventura, há quem precise de ti.
Não tenhas dúvidas, tu acabas por receber sempre mais do que aquilo que dás, no fundo amor com amor se paga que mais necessitas?

Para arriscar nestas férias radicais, basta preencher e enviar a Ficha-Inscrição-2015.

Já de seguida podes ler o testemunho de um jovem que já aceitou o desafio.

“Decorreu durante o mês de agosto, em Fátima e, pelo nono ano consecutivo, o projeto chamado “Férias Para Pais com Filhos com Deficiência”. O Movimento da Mensagem de Fátima, juntamente com a Comunidade dos Silenciosos Operários da Cruz e quatro grupos de voluntários, divididos pelas quatro semanas de férias possibilitaram que alguns dos muitos pais com filhos portadores de deficiência pudesse ter uns dias de descanso.

O que sucede é que, durante uma semana, estes pais podem descansar de um ano de trabalho, muitas vezes duro, com os filhos. No Centro Francisco e Jacinta Marto, à entrada de Fátima para quem vem de Minde, há a possibilidade de deixar os filhos ao cuidado de amigos que se dispõem a cuidar deles por uma semana ou, até, de vir passar férias com os filhos.

O programa é simples: ao mesmo tempo que há passeios, ao Santuário, aos Valinhos e à Praia das Rocas, os “meninos” ou os “jovens” (até vinte e um anos no primeiro turno e com mais de vinte e um anos nos outros três), como por lá são chamados, fazem um roteiro espiritual com momentos de rara beleza, onde adoram a Jesus Eucaristia e têm a possibilidade de se confessarem.

Para os voluntários que participam na semana, acaba por ser um tempo de “receber mais do que o que se dá”, na medida em que muito se aprende com estes jovens. No fundo, uma semana em Fátima é uma semana onde “há tempo para comunicar, há tempo para fazer amizades, há tempo para rezar, há tempo para tudo, tempo que a gente nunca tem nas nossas vidas normais” afirmou Tomaz da Câmara, um dos voluntários numa reportagem da SIC, difundida a 16 de agosto no jornal da noite.

Participar neste projeto acaba por ser uma experiência que, “primeiro se estranha e depois se entranha”. Como voluntários, somos chamados a sair de nós, a perceber que esta “gente precisa de gente” e que, feitas as contas não são assim tão diferentes de nós: choram, riem, amam, divertem-se, rezam… E ao lembrar a frase de Jesus “o que fizestes aqueles pequeninos, a Mim o fizeste” (Mt 25,40), percebemos a alegria do que é servir Jesus nos mais pequeninos e aprendemos a ver nos sorrisos alegres e nos olhares de agradecimento o rosto de Jesus a incarnar na vida daqueles que Ele nos confiou para deles cuidarmos.”

Luís Caetano
Diocese de Santarém

“Motivada pelo Movimento da Mensagem de Fátima aceitei esta grande aventura de entrega ao próximo participando e vivendo uma magnífica semana de Férias para Pais e Filhos com deficiência. Nestes dias recebi muito mais do que daquilo que dei, ou seja, dei um pouco do meu tempo, um pedacinho da minha vida e um bocadinho do meu amor mas recebi grandes testemunhos e grandes lições de vida que nunca mais irei esquecer. Foram dias cheios de atividades com várias vertentes, como por exemplo, a aprendizagem, a brincadeira e o crescimento na fé. Fico feliz por contribuir para a felicidade daqueles que são verdadeiramente felizes na sua simplicidade.”

Alda Moreira
Movimento da Mensagem de Fátima SJ Lisboa

“Descrever aquilo que se vive numa semana por tão poucas palavras torna-se uma missão impossível. Contribuir para a felicidade destes jovens, e receber aquilo que eles dão de melhor, um sorriso, é sem dúvida algo muito gratificante. Ao sentir que fazemos os outros felizes automaticamente também nós ficamos felizes. Essas semanas estão quase quase a chegar e achas que vale a pena ficares o agosto em casa sem nada para fazer?”

Gonçalo Reis
Paróquia de Fátima

Para mais informação aqui e aqui.